DIÓXIDO DE CARBONO: GÁS DA VIDA OU POLUENTE ATMOSFÉRICO?

Thiago Maia Blog

Por:

Dra Daniela de Souza Onça

Dr Ricardo Augusto Felicio

RESUMO: Este artigo discute a atuação do dióxido de carbono no sistema climático, com ênfase sobre seu alegado papel de principal responsável pelo processo de aquecimento global antropogênico observado ao longo das últimas décadas. Descrevemos brevemente seus fluxos entre a atmosfera, os oceanos e a biosfera, atentando para o fato de a contribuição humana desse gás ser muito pequena quando comparada aos fluxos naturais; comparamos seus principais métodos de medição; expomos sua correlação com as temperaturas globais, que se mostra muito duvidosa; e por fim abordamos as medidas de mitigação do aumento de suas concentrações na atmosfera baseadas na criação de impostos e taxas sobre suas emissões. Concluímos que o combate à poluição atmosférica, em si legítimo, não deve ser confundido com o combate ao dióxido de carbono, que além de ser ilegítimo (pois este gás não é um poluente atmosférico) não…

Ver o post original 3.711 mais palavras

Anúncios

Brasil terá o inverno mais frio dos últimos 100 anos.

Thiago Maia Blog

Perspectiva é de inverno mais rigoroso que em 2017

Simulações atmosféricas dos especialistas confirmam que 2018 poderá ter o inverno mais rigoroso do último século no Brasil. É possível que todo os recordes de frio atuais do Sul, Sudeste, Goiás, Distrito Federal e Mato Grosso do Sul sejam superados este ano.

De acordo com o engenheiro agrônomo, Ronaldo Coutinho do Prado, a perspectiva é de que o frio vai chegar mais cedo e deve ser mais intenso do que no ano passado, tendo início já em maio.

O climatologista Luiz Carlos Molion destaca que o La Niña, culpado pelo frio rigoroso, segue em plena atuação, deixando o tempo frio e seco.

O La Niña é um fenômeno oceânico-atmosférico caracterizado pelo resfriamento anormal das águas superficiais do Oceano Pacífico Equatorial e deve persistir até maio e junho, entrando posteriormente na neutralidade e voltando a se estabelecer no restante do ano, persistindo…

Ver o post original 13 mais palavras

Carro elétrico Tesla – Acidente mata motorista. Ambientalmente correto ou perigo iminente?

Thiago Maia Blog

Caros leitores,

Aconteceu no dia 26/03/2018, uma acidente dos USA, no qual um carro da marca TESLA, se envolveu em uma colisão e acabou matando o motorista, pois a bateria se incendiou.

Nesse vídeo eu falo algumas verdades sobre essa tecnologia e verão que não é essa barganha ambiental que falam.

Link da notícia:

https://br.sputniknews.com/americas/2018032610826367-acidente-carro-tesla-morte-eua-fotos-video/

Ah! Conheçam o meu novo canal, ao qual será somente sobre ciências!

Estou preparando um excelente e aprofundado conteúdo.

YouTube_logo_2015.svgGrande abraço!

Ver o post original

Terrorismo climático parte 1 – Luiz Carlos Molion.

Excelente!

Thiago Maia Blog

Caros leitores,

Divulguei no meu canal do YouTube, uma palestra do prof Molion, na qual ele dá um verdadeiro show e desmascara de uma vez por todas as mentiras do aquecimento global antropogênico.

Espero que gostem.

Aproveitem para compartilhar o máximo esse vídeo, para que mais pessoas possam ter acesso a essa joia.

Caso não são inscrito no canal, se inscrevam e recebam as notificações!

Grande abraço!

Ver o post original

3500 anos de História Climática do Centro-Oeste Europeu.

Thiago Maia Blog

Por: Craig Idso Ph.D. in Geography from Arizona State University

Holzhauser et al. (2005) “pela primeira vez”, em suas palavras, apresentam registros de alta resolução de variações no tamanho das geleiras nos Alpes suíços, juntamente com as flutuações do nível do lago nas montanhas do Jura, os pré-Alpes franceses do norte e o Planalto Suíço em desenvolvendo uma história climática de 3500 anos na Europa Ocidental e Central, começando por uma análise aprofundada da geleira do Great Aletsch, que é a maior de todas as geleiras localizadas nos Alpes europeus.

Perto do início do período de tempo estudado, os três pesquisadores relatam que “durante o período final da Era do Bronze de 1350 a 1250 aC, a geleira de Great Aletsch foi aproximadamente 1000 m mais curta do que hoje”, observando que “o período de 1450 a 1250 aC foi reconhecido como uma fase quente e seca em outros Alpes…

Ver o post original 823 mais palavras

A FRAUDE do aquecimento global antropogênico é provada mais uma vez.

Thiago Maia Blog

Caros Leitores,

É! Mais uma vez um Doutor em Física se manifesta contra essa fraude do aquecimento global antropogênico.

Um membro da Sociedade Americana de Física, pede para ser deligado por perceber que não está sendo feita a boa e velha ciência de verdade.

Abaixo, segue o vídeo com os meus comentários e carta traduzida e original do Dr Hal Lewis.

Enviado: sexta-feira, 08 de outubro de 2010 17:19 Hal Lewis
De: Hal Lewis, Universidade da Califórnia, Santa Bárbara
Para: Curtis G. Callan, Jr., Princeton University, presidente da American Physical Society
6 de outubro de 2010

Caro Curt:

Quando entrei na Sociedade Americana de Física há sessenta e sete anos, era muito menor, muito mais suave e ainda não corrompido pela inundação do dinheiro (uma ameaça que Dwight Eisenhower advertiu há meio século).

Na verdade, a escolha da física como profissão era então um garante de uma vida de pobreza e…

Ver o post original 1.108 mais palavras

Carnaval – Folião ou Porcalhão?

Ué! A maioria falam que o planeta tem que ser salvo e sujam a cidade desse jeito?

Hipócritas!

Thiago Maia Blog

Caros leitores;

Eu sou uma pessoa que não gosta de curtir o carnaval de rua, pois prefiro ficar na minha casa assistindo aos desfiles, pois adoro ver a criatividade dos carnavalescos, além de assistir a um bom filme ou uma série.

Mas não critico com quem gosta de ir a blocos de rua, mas critico totalmente os porcalhões que jogam resíduos sólidos urbanos no chão e urinam em qualquer lugal.

No vídeo abaixo, eu faço uma crítica a tudo isso.

Grande abraço a todos!

Ver o post original

COBERTURA DE NUVENS E O CLIMA GLOBAL.

Thiago Maia Blog

Luiz Carlos Baldicero Molion

O Projeto Internacional de Climatologia de Nuvens por Satélite (Sigla em Inglês ISCCP) mostra que, desde o início da análise dos dados até 1999/2000, a cobertura de nuvens global reduziu de 5% (Figura 1). O albedo planetário é a fração do fluxo de radiação solar que é refletida (rejeitada) pelo planeta para o espaço exterior e, consequentemente, não participa dos processos biogeofísicos que nele ocorrem. O albedo planetário atual é cerca de 30%, sendo a cobertura de nuvens responsável por metade (15%) desse percentual. Segundo Trenberth et al (2009), incide no “topo” da atmosfera do planeta um fluxo médio de 341 W/m2 dos quais 102 W/m2 são refletidos para o espaço.

cobertura de núvensFigura 1. Variação temporal da cobertura de nuvens global (Fonte de dados: ISCCP)

Desses, portanto, 51 W/m2 são refletidos por nuvens. Considerando uma cobertura de nuvens inicial de 69% e o fluxo…

Ver o post original 536 mais palavras

Poluição mata 9 milhões por ano – isto sim, é emergência ambiental.

Thiago Maia Blog

Por: Geraldo Lino

A poluição em suas várias formas é responsável pelas mortes de pelo menos 9 milhões de pessoas por ano, principalmente, nos países em desenvolvimento, acarretando um custo econômico da ordem de trilhões de dólares, em um quadro que “ameaça a sobrevivência contínua de sociedades humanas”.

As conclusões são de um estudo da Comissão Lancet de Poluição e Saúde, da conceituada revista médica britânica The Lancet, divulgado no último dia 19 de outubro.

A poluição no ar, água, solos e locais de trabalho é responsável por doenças que respondem por uma em cada seis mortes em todo o mundo, mas o número pode ser ainda maior, devido ao impacto de muitos agentes poluentes ainda pouco estudados. As vítimas da poluição representam o triplo das mortes combinadas causadas pela AIDS, malária e tuberculose, e 15 vezes o número de vítimas de guerras e outras formas de violência.

“A…

Ver o post original 627 mais palavras

Ciclos solares e sua influência no clima – Parte 1.

Thiago Maia Blog

O Sol figura como o astro rei de seu sistema solar, pois além de manter a mecânica celeste do seu sistema, é responsável principal pela manutenção da diversidade da vida na Terra, pois sem sua energia não teria condições de sustentar a vida.

O nosso Sol, passa por ciclos em sua longa e ainda assim mediana vida e esses ciclos podem variar de alguns anos a milhares de anos, os mais conhecidos são:

Ciclo solar de Schwabe, que varia de aproximadamente de 11 anos alternando máximos e mínimos.

Ciclo de Gleissberg, o qual varia de um período de 80 a 90 anos, podendo chegar a 115 anos.

Ciclo de Suess, o qual varia de um período de 150 a 200 anos.

Ciclo de Hallstattzeit, o qual varia de período de 2.300 anos.

Ainda existe um ciclo em pesquisa, que a hipótese é que sua variação seja de 6.000 anos e…

Ver o post original 1.849 mais palavras