Conceitos e fenômenos que questionam as mudanças climáticas antropogênicas e a impossibilidade Física do efeito estufa.

Thiago Maia Blog

Por: Dr. Thiago Maia

O CO2 apresenta uma geometria molecular linear na qual o Carbono está localizado entre duas moléculas de Oxigênio e como esses átomos estão opostos com a mesma eletronegatividade a molécula se torna apolar e toda molécula apolar não absorve a radiação infravermelha.

Mas como o CO2 consegue absorver umas bandas?

Na atmosfera há uma repulsão das eletrosferas através das colisões moleculares com os constituintes, gerando uma dispersão dos elétrons das extremidades fazendo com que a molécula adquira um dipolo induzido ou força de dispersão de London, tornando-a capaz de absorver poucas bandas na radiação infravermelha, por esse motivo as colisões e a pressão provocam um alargamento na banda de absorção da radiação infravermelha (IV).

Na teoria clássica do eletromagnetismo as radiações são tratadas como ondas, mas umas séries de fenômenos Físicos, não eram explicados e só através da Física Quântica que passaram a ser…

Ver o post original 2.761 mais palavras

Anúncios

Subida do nível do mar e o aquecimento global antropogênico.

Excelente!

Thiago Maia Blog

Caros Leitores,

No dia 16/10/2017, fiz uma live com o prof Ricardo Felicio, prof Igor Maquieitra e com o Geólogo Geraldo Lino.

Foi umas das melhores lives que eu já fiz, apesar da longa duração ela se mostra muito instrutiva, leve e divertida, tanto é que nem sentimos o tempo passar.

Nessa live falamos sobre a feke news de que o aquecimento global antropogênico estaria provocando o aumento do nível dos oceanos.

Tenha paciência para assistir, pois vale muito a pena!

Grande abraço a todos!

Ver o post original

Hora de reduzir o déficit de soberania na Amazônia

Thiago Maia Blog

Por: Geraldo Lino

“A Amazônia não é patrimônio da humanidade, e sim um patrimônio do Brasil.” As palavras do general da reserva Augusto Heleno, ex-comandante militar da Amazônia e um dos militares mais respeitados por seus pares, tanto retirados como da ativa, refletem o desconforto causado na caserna pela humilhante visita do presidente Michel Temer à Noruega. Na ocasião, além de ouvir uma incômoda cobrança da primeira-ministra Erna Solberg sobre a corrupção no Brasil, ele teve que engolir o anúncio do corte de metade da verba anual destinada pela Noruega ao Fundo Amazônia, programa destinado ao financiamento de iniciativas de proteção ambiental na Região Amazônica, alegadamente, devido à falha em evitar o aumento dos índices de desmatamento. Para Heleno, o governo brasileiro não deveria aceitar dinheiro de outros países para a conservação da Floresta Amazônica (Blasting News, 28/06/2017).

Da mesma forma, como já havia feito em outras oportunidades, o próprio comandante…

Ver o post original 669 mais palavras

A Renca e a aliança espúria da Globo, ONGs, CNBB, leguleios e burocratas ambientais

Thiago Maia Blog

Por Geraldo Lino

A decisão do governo federal de extinguir a Reserva Nacional de Cobre e Associados (Renca), depois suspensa, levou o aparato ambientalista-indigenista a mobilizar todo o seu arsenal político e propagandístico, baseado na desinformação e exploração do emocionalismo junto à opinião pública, na capacidade de mobilização dos seus representantes na tecnocracia governamental e em entidades politicamente relevantes e na influência sobre setores do Judiciário propensos a abraçar acriticamente causas de grande apelo popular.

A Renca, criada em 1984, é uma área de 47 mil quilômetros quadrados, situada entre o Amapá e o Pará, com o propósito original de bloquear a exploração mineral da área por empresas estrangeiras, reservando-a para a Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM – atual Serviço Geológico do Brasil) ou a empresas a ela associadas. Com o Decreto 9.142/17, sancionado em 22 de agosto, a parte da área ainda não coberta por unidades de…

Ver o post original 1.385 mais palavras